Karate Goju Ryu Historia e Origem através Chojun Miyagui

Karate Goju Ryu Historia e Origem através Chojun Miyagui. Em 25 de abril de 1888 nasce Chojun Miyagui em Naha, no seio de uma família de ricos comerciantes.Aos 14 anos, ao ingressar no liceu, começa a estudar “te” sob a direção de Kanryo Higaonna,.Com a saída do liceu passa a ocupar-se dos negócios da família continuando a praticar o Karate. Aos 20 anos casa-se. As suas qualidades excepcionais são apreciadas por Kanryo Higaonna que o considera como o seu sucessor.


Goju Ryu Historia e origem

Entre 1909 e 1911 cumpre o serviço militar. Logo após pensa em partir para o Hawai a fim de montar uma empresa de pesca, num local onde estavam já estabelecidos emigrantes provenientes de Okinawa.
A pedido do seu, karateca Higaonna, acaba porém por renunciar a este projeto para ir estudar a arte de combate na China. Em Novembro de 1915, parte então para Foochow na província de Fujian, para uma estadia de alguns meses, período durante o qual estuda Chugoku Kempo.

goju ryu karate, goju ryu historia, goju ryu origem, goju ryu filosofia, goju ryu tradição, goju ryu okinawa

Em 1915 o seu karateca Kanryo Higaonna morre, sem deixar família. Miyagi, no seu regresso, encarrega-se das cerimônias fúnebres e torna-se o seu sucessor direto.

Contando apenas 28 anos de idade, decide unir esforços com o seu amigo Kenwa Mabuni, para continuar a aprender e evoluir. Criam assim um grupo para a investigação e prática do karate.

Passa então a ensinar no Centro de Treino da Polícia de Okinawa, na Escola Comercial da Cidade de Naha, na Escola Normal de Okinawa e no Centro de Recreação e Saúde de Okinawa, entre outros locais.

A partir deste período Miyagi fez numerosas viagens não só para se aperfeiçoar mas também para difundir o karate. Retorna por diversas vezes a Fujian e também a Pequim, passando ainda pela Coreia. Paralelamente empreende uma dezena de viagens ao centro do Japão, para assegurar a difusão do karate e formar alunos.

Em 1921, ele foi escolhido para representar o Naha-te em uma apresentação para a visita do príncipe herdeiro Hirohito (que eventualmente viria a tornar-se Imperador), e realizou uma performance impressionante. Ele começou a visualizar o futuro das artes marciais de Okinawa.
Em 1926, aos 38 anos, fundou o “Clube de Pesquisas sobre Karate”, em companhia de Chomo Hanashiro (Shuri-te), Kenwa Mabuni (Shito Ryu) e Motobu Choyo, dedicando seus três próximos anos em treinamentos de kihon, kata, condicionamento físico e filosofia.

Em 1928 Miyagi viaja para o Japão e passa a ensinar karate na Universidade Imperial de Kyoto, na Universidade de Kansai e na Universidade de Ritsumeikan, em Kyoto.

A partir deste período Miyagi fez numerosas viagens não só para se aperfeiçoar mas também para difundir o karate. Retorna por diversas vezes a Fujian e também a Pequim, passando ainda pela Coreia. Paralelamente empreende uma dezena de viagens ao centro do Japão, para assegurar a difusão do karate e formar alunos.

Jigoro Kano (o fundador do Judo) visitou Okinawa em 1927, e ficou tão impressionado com Miyagi, que o convidou para ir ao Japão em 1930 e 1932, para fazer demonstrações em vários torneios. Foi em um desse torneios que um de seus estudantes avançados, Jin’an Shinzato, foi perguntado a que escola de Karate ele pertencia. Incapaz de responder (naquela época os estilos eram conhecidos somente por sua localização geográfica), ele dirigiu-se ao karateca Miyagi, quem concordou que um nome deveria ser escolhido para o seu estilo único.

Há um texto chinês chamado Bubishi, uma referência histórica muito popular entre os karatekas da época, e nele há oito poemas. O terceiro preceito diz: “O modo de inspirar e expirar é rígido e flexível”. “Go” significa rígido e “Ju” significa flexível. Baseado no fato que o seu estilo era a combinação desses ideais, ele passou a se referir à sua arte como Goju Ryu, E em 1933 ela foi oficialmente registrada como tal no Butoku-Kai, a Associação Japonesa de Artes Marciais. No mesmo ano ele apresentou seu artigo “Um perfil do Karate-Do”.

No ano seguinte, karateca Miyagi foi indicado como diretor da filial da Butoku-Kai em Okinawa, e viajou para o Hawaii no final do mesmo ano para lá introduzir o Karate. Após o seu retorno para Naha, ele foi premiado como uma comenda do Ministério da Educação por seu notável trabalho em serviço do campo da Educação Física.

Em 1929, ele foi convidado para ir ao Japão por Gogen Yamaguchi, quem poderia promover o Goju Ryu no Japão.

Em 1933, em resultado dos seus esforços, o Karate é reconhecido pela primeira vez pela Dai Nippon Butokukai como uma das Artes do Budo japonês.

Em 1934, Miyagi torna-se membro permanente da Seção de Okinawa daquela organização.

Em Março de 1935 a Butokukai concede o grau de Kyoshi a Chojun Miyagi. Trata-se de uma graduação excepcional já que o normal seria a graduação em 3º grau (Renshi), graduação que seria obtida cerca de 3 anos mais tarde pelos fundadores das três outras grandes escolas de karate. Ainda nesse ano, de regresso a Okinawa, decide nomear a sua escola Goju-Ryu, tomando como base o terceiro dos “Oito preceitos da arte do combate” contidos no Bubishi – o livro tradicional do Naha-te.

Em 1936, ele retornou para China para mais estudos, desta vez em Shanghai.

Em 1937, o Ministério da Educação Japonês concede a Miyagi a “Medalha de Excelência em Artes Marciais” e nesse mesmo ano ele decide estudar Artes Marciais Chinesas em Changai. Ainda em 1937 passa a liderar uma associação criada pela Butokukai para inspecionar e regular o karate em todo o território japonês.

Em 1940, ele criou os kata para iniciantes: Gekisai Dai Ichi e Gekisai Dai Ni.
A ocupação dos Aliados em Okinawa foi uma época muito turbulenta na história de Okinawa e da arte do Karate. Muitas vidas se perderam, inclusive um dos filhos do karateca Miyagi e seu aluno avançado Jin’an Shinzato. Ele foi forçado a deixar de lado seu treinamento enquanto sua terra natal era reerguida após a guerra.

Em 1946 ele foi indicado como diretor da Associação Civil de Educação Física de Okinawa, e continuou seu treinamento, ensinando na Academia de Polícia e abrindo um Dojo no seu quintal. Foi lá onde treinaram Anichi Miyagi, Seiko Higa, Meitoku Yagi, Eichi Miyazato e Seikichi Toguchi e, por um breve período, Teruo Chinen, junto com outros notáveis karatekas.

A 8 de Outubro de 1953, aos 65 anos, Chojun Miyagi morre em Naha, vítima de ataque cardíaco.

Entre em contato Contato. Envie uma mensagem SMS (21)97468-4532. Todas as principais informações e notícias são republicadas na rede social Google Plus faça uma visita para tirar suas dúvidas, adicione-me para não perder o contato.

Newsletter

Receba as novidades de KarateZine, de forma exclusiva e gratuita, diretamente no seu e-mail. Newsletter Atenção: Um e-mail de confirmação será enviado. Para concluir é necessário confirmar. Basta um click e pronto!

KarateZine é uma revista eletrônica online, aberta, colaborativa e livre sobre Karate. Aborda técnicas de todos os estilos de Karate de forma educativa. Informa sobre atividades atuais de Shotokan, Kyokushin, Goju-Ryu etc.

Ping